Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Casa da Cabrita

A Casa da Cabrita

As segunda-feiras são muito tramadas. Vimos com o balanço todo do fim de semana e esbarramos na quantidade de trabalho que a nova semana traz. Hoje foi mesmo um desses dias: "Ora toma mais cinco pacientes, e Sexta-Feira quero os relatórios de cada um". Cada paciente leva-me umas 6 horas a analisar, se o computador cooperar e se as imagens forem bem adquiridas. Caso contrário os dados do paciente têm que ser revistos o que atrasa todo o processo. Isto de trabalhar em cadeia dá jeito, cada pessoa tem um trabalho específico e todos colaboram para um bem comum. Contudo, quando alguém faz disparate é preciso voltar atrás mil e um passos até percebermos o que correu mal. Esperemos que eu nunca faça um disparate tão grande que impossibilite outras pessoas de fazer o seu trabalho, isso é que não!

 

Comecei a aprender umas coisinhas em alemão a partir do site Memrise (também disponível para smartphones) e já noto umas melhorias. Hoje consegui perceber que amanhã vai ser um dia especial no instituto com direito a câmaras e tudo. O meu orientador não me falou em nada, portanto presumo que, para mim, o dia vá ser normal. Só para o caso, vou ver se vou arranjadinha amanhã.