Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Casa da Cabrita

A Casa da Cabrita

Depois de um fim de semana de loucos estou de volta!! Já percebi que os melhores planos são os nada planeados, e acho que este fim de semana mostrou-me isso mesmo.

Conheci o Jorge e o Florian no curso da BEST, na Áustria. Quando me desafiaram para ir passar um fim de semana em Dresden, peguei na Inês e lá fomos nós. Viajar de Berlim para Dresden é muito barato, gastámos 18€ e, se tivéssemos marcado com mais antecedência, o preço não passava dos 15€. Ao jantar, já em Dresden, soubemos que outra nossa amiga, a Antonija, estava em Praga e pensámos porque não ir ter com ela? No Sábado de manha, em duas horas de carro, já estávamos em Praga. Que cidade linda de morrer. O ambiente, apesar da cidade estar cheia de movimento e turistas, é de calma total. Passeámos por montes de sítios icónicos, como a Charles Bridge, o relógio astronómico e a principal igreja de Praga, a Church of Our Lady before Tyn. Fica a grande vontade de voltar.

O Domingo foi passado em Dresden, o Jorge para além de nos ter dado casa ainda nos fez um mega tour pela cidade e fiquei completamente banzada por nunca ter ouvido falar nesta cidade e ela ser o espanto que é. Foi completamente uma surpresa. O lado bom de termos um amigo a fazermos o tour é que ouvimos histórias muito caricatas. O rei Augusto, o Forte, era um rei muito imponente (vá, gordo) e tinha a mania da preguiça. E se há homem que tomou decisões caricatas foi ele:

 1. Como não queria andar da igreja para casa como uma pessoa normal, porque pisar o mesmo chão que o seu povo era degradante, mandou fazer uma ponte que ligava a sua casa à igreja.

 2. Construiu uma rampa de propósito para que os seus cavalos conseguissem chegar mesmo mesmo à porta do quarto dele e ele não tivesse que mexer um músculo. 

 3. A sua mãe foi de visita a Dresden e o que é que ele decidiu fazer? Construir um palacete, só porque sim. (Mãezinha, vais ter que te ficar pelo belo do T0)

Há reis com pinta, e este era um deles. 

 

IMG_20150718_145215.jpg

 

Praga - Rio Vitava

 

IMG_20150718_184201.jpg

 

Praga - Ponte Manesuv

 

IMG_20150718_185759.jpg

 

 

Praga - Church of Mother of God before Týn

 

IMG_20150719_113503.jpg

 

Dresden - Palácio Zwinger. Um dos principais pontos de paragem em Dresden. Reza a história que o rei Ausgusto dava as maiores festas possíveis neste palácio.

 

IMG_20150719_113659.jpg

 

Dresden - Clockhouse do jardim interior do palácio de Zwinger.

 

IMG_20150719_115257.jpg

 

Dresden - Foto tipicamente turística, tirada muito à pressa. O N representa Napoleão. Quando Napoleão esteve em Dresden e destruiu cerca de metade da cidade, terá parado a sua carruagem, pisado este local e dito "Tudo o que destruí pertence-me".

 

 

IMG_20150719_115423.jpg

 

Dresden - Parade of the Princes Um dos maiores orgulhos locais, o maior mosaico de porcelana do mundo. 

 

IMG_20150719_115911.jpg

 

Dresden - Frauenkirche de Dresden. A cidade de Dresden foi bombardeada na Segunda Guerra Mundial, e esta igreja ficou em ruínas. Foi reconstruída como símbolo de reconcialiação com os inimigos de guerra. Ficou totalmente completa em 2005 (nem passaram 10 anos...). As pedras mais escuras, são as ainda originais e as brancas são novas. Porque é que as antigas estão pretas? Todos os monumentos barrocos de Dresden (não sei se isso se aplica ao estilo em geral) foram construídas com pedras que absorvem a humidade e escurecem.

 

10986646_10206280660527741_4706931600123613330_n.j

 Florian, Jorge e Antonija, espero muito ver-vos num futuro próximo :)

 

 

 

2 comentários

Comentar post